segunda-feira, 4 de maio de 2015

Gemidos de prazer

Deixa eu tocar em você e deslizar as minhas mãos em suas curvas, balbuciando palavras absurdas, e provocando gemidos de prazer.(Juahrez Alves)

Os governos do mundo

Os governos do mundo estão mais preocupados em proteger o capital, e não a capital. (Juahrez Alves)

domingo, 3 de maio de 2015

Nem céu, nem inferno

Nem céu, nem inferno, eu quero algo mais. (Juahrez Alves)

Palavras desconexas

Ouça coladinha no meu corpo o barulho da chuva, balbuciando palavras desconexas e se entorpecendo de paixão.(Juahrez Alves)

Estou me desmanchando de prazer

Deixa eu encostar os meus lábios no seu ouvido, sussurrar emoções e dizer que estou me desmanchando de prazer.(Juahrez Alves)

sábado, 2 de maio de 2015

Outros infinitos

Não quero que o mundo seja testemunha do nosso amor, nem as estrelas, nem outros infinitos. Eu te amo, e isso basta. (Juahrez Alves)

Entrar em você

Entrar em você é tão prazeroso que me deixa sem referência, sem fronteiras e sem medos. (Juahrez Alves)

Falando aos seus ouvidos

Falar aos seus ouvidos neste momento especial é como entrar no paraíso e voltar fortalecido para continuar te amando.(Juahrez Alves)

Aprendizes sem amanhãs

Meus lábios tocando nos seus, minha vida parece fácil. É isso que a paixão faz da gente: meros aprendizes sem amanhãs. (Juahrez Alves)

Segurança política

Ao invés de uma política de segurança, os governos estão mais preocupados é com a segurança política. (Juahrez Alves)